Avança a caminhada agroecológica pelo Brasil: ERÊ Sudeste é o primeiro de cinco encontros regionais preparatórios ao IV ENA

Share

Rumo ao IV Encontro Nacional de Agroecologia (ENA), o Encontro Regional Sudeste de Agroecologia se soma ao Festival Estadual de Arte e Cultura da Reforma Agrária em outubro em grande evento na capital mineira

Para combinar com o início da primavera, o mês de outubro em Belo Horizonte floresce com a mobilização em torno da agroecologia e da agricultura urbana trazida pelo ERÊ – o Encontro Regional Sudeste de Agroecologia. A expectativa é reunir cerca de 300 pessoas, entre as quais agricultoras/es familiares e urbanas/os, povos tradicionais, movimentos sociais, organizações da sociedade civil, estudantes e técnicas/os, dos 4 estados do sudeste, além de representantes de outras regiões do país.

O ERÊ e o Festival Estadual de Arte e Cultura da Reforma Agrária

O ERÊ acontecerá em confluência com o Festival Estadual de Arte e Cultura da Reforma Agrária, realizado pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), entre os dias 6 a 8 de outubro de 2017. As atividades acontecerão em formato de constelação, em espaços em torno da Praça da Estação: Centro de Referência da Juventude (CRJ), Centro Público de Economia Solidária (CEPES), Serraria Souza Pinto e o famoso Viaduto de Santa Tereza.

O Encontro Regional irá reunir sujeitos ligados às experiências agroecológicas e outras práticas de resistência da região metropolitana de BH, de Minas Gerais e dos estados do sudeste. O intuito é potencializar a atuação nessa rede de Organizações, Movimentos, Grupos e Núcleos de Agroecologia para a construção do IV ENA – Encontro Nacional de Agroecologia (ENA), que acontecerá em 2018, também na capital.

Como atividades de destaque do ERÊ estão as vivências em diversas experiências de agroecologia e em outras iniciativas populares de resistência na RMBH; as plenárias; rodas de conversa sobre os temas mobilizadores do movimento agroecológico; e um conjunto de ações culturais e pedagógicas que acontecerá de baixo do viaduto de Santa Tereza na manhã de domingo.

Alimentar a luta, cultivar a arte! Este é o lema que, desde o dia 2 de setembro, vem conquistando sete regiões do estado e a capital no Circuito Mineiro de Arte e Cultura da Reforma Agrária, do MST.

O Festival Estadual será realizado em Belo Horizonte, na Serraria Souza Pinto, reeditando o sucesso do Festival Nacional realizado em julho do ano passado. Entre os dias 6 e 8 de outubro a capital receberá cerca de mil sem terras, que trabalharão na realização do evento. A Feira Alvimar Ribeiro deverá trazer 110 toneladas de alimentos para comercialização. Já o palco Vander Lee receberá cerca de 80 artistas entre cantadores, corais, teatro e diversas manifestações da cultura popular mineira.

“O trabalho com a cultura é resultado de três décadas de organização e aprendizado do movimento. Aprendemos em nossa trajetória a Reforma Agrária não se faz sem o apoio das cidades, ainda mais em tempos de golpe no Brasil, em que esse governo ilegítimo paralisou todas as políticas para o campo e quer entregar nossas terras ao capital financeiro internacional, legalizando inclusive a venda de lotes. O MST não admite isso. Também assumimos o compromisso de alimentar a população, sem o uso de agrotóxicos, coisa que o agronegócio é incapaz de fazer. Então, o circuito é a forma que encontramos de colocar esse debate para a sociedade”, contextualiza Ênio Bohnenberger, da direção Nacional do MST.

O ERÊ e o Festival Estadual de Arte e Cultura da Reforma Agrária têm seu principal momento de encontro durante a Conferência sobre Alimentação Saudável, batizada de Silvino Gouveia, a ser realizada na manhã de sábado (07/10), que contará com a presença de figuras renomadas nacionalmente que estudam e trabalham com o tema na área das ciências, da cultura e da luta política.

Ao fortalecer sinergias entre o Festival e o ERÊ, espera-se que o processo preparatório do IV ENA tenha a arte e a cultura como pilares e que as demais regiões do país possam construir caminhos que potencializem agendas e ocupem as cidades com o debate da agroecologia e da luta pela democracia.

IV ENA: Agroecologia e Democracia unindo campo e cidade

Em sua quarta edição, o Encontro Nacional de Agroecologia (ENA), coordenado pela Articulação Nacional de Agroecologia (ANA), irá reunir cerca de 2000 pessoas, em Belo Horizonte, entre os dias 31 de maio a 03 de junho de 2018.

A ANA é um espaço de interação e convergência entre movimentos, redes e organizações da sociedade civil engajados em experiências de promoção da agroecologia. Atualmente, a ANA articula vinte e três redes estaduais e regionais, que reúnem milhares de grupos, coletivos, associações, cooperativas e organizações não governamentais em todo o país, além de quinze movimentos sociais de abrangência nacional.

Sustentado no lema “Agroecologia e Democracia unindo campo e cidade”, o ENA pretende construir convergências com os processos de luta no enfrentamento ao golpe e em defesa da democracia e dos direitos. Reforçando que sem Democracia não será possível cultivar e consumir alimentos saudáveis e isento de injustiças.

A realização do ENA em uma capital reafirma a necessidade de ampliarmos o diálogo e apontarmos novas conexões entre o campo e a cidade, fortalecermos os encontros entre as diferentes culturas e darmos visibilidade às experiências de agroecologia e de resistência ao grande capital, que acontecem no campo e na cidade.

Ação em Rede: Esperança e Resistência floresce no Sudeste

Inspirado na esperança, na resistência e na alegria das crianças, o ERÊ Sudeste desabrocha em Belo Horizonte um processo de construção coletiva que ganhará as ruas, estradas e trilhas pelas cinco regiões do país!

A mobilização para participação no ERÊ está se dando via as redes estaduais de Agroecologia: Articulação Mineira de Agroecologia (AMA), Articulação Capixaba de Agroecologia (ACA), a Articulação de Agroecologia do Rio de Janeiro (AARJ) e a Articulação Paulista de Agroecologia (APA). As atividades previstas para o domingo, 08/10, são abertas ao público e acontecem a partir de 10hs, de baixo do Viaduto Santa Tereza. Participem!

As atividades do Festival Estadual de Arte e Cultura da Reforma Agrária são abertas ao público e acontecem entre os dias 06 a 08 de outubro, na Serraria Souza Pinto.

Fonte: http://www.agroecologia.org.br/2017/09/29/avanca-a-caminhada-agroecologica-pelo-brasil-ere-sudeste-e-o-primeiro-de-cinco-encontros-regionais-preparatorios-ao-iv-ena/

Serviço
Evento: Encontro Regional Sudeste de Agroecologia – ERÊ
Data: 6 a 8 de outubro de 2017
Horário: manhã, tarde e noite
Local: Centro de Referência da Juventude (CRJ), Centro Público de Economia Solidária (CEPES), Viaduto de Santa Tereza e Serraria Souza Pinto.
Contato: 31 99913-3952 ou 3421-4172 (Danúbia Gardênia)

Contatos Antenas Estaduais:
Articulação Mineira de Agroecologia (AMA): Anna Crystina – annacrys_3@yahoo.com.br
Articulação Capixaba de Agroecologia (ACA): Douglas Alvaristo Fernandes – d.alvaristo@gmail.com
Articulação de Agroecologia do Rio de Janeiro (AARJ): Claudemar – claudemar@aspta.org.br
Articulação Paulista de Agroecologia (APA): Luã Uakti Gabriel Trento – lua.trento@gmail.com

Página Inicial
Parceiros