GT Campesinato e Soberania Alimentar

O GT pretende ser um espaço sociopolítico de reflexão, sistematização e intercâmbios de conhecimentos sobre o protagonismo do campesinato nas suas diversas expressões, territoriais, bioculturais e identitárias, considerando o papel das mulheres, juventudes, povos e comunidades tradicionais na luta pelos bens comuns.

Reconhecemos o modo de vida camponês, seus sistemas agrícolas tradicionais e a necessidade da reforma agrária, garantia dos direitos territoriais e sua interação com as cidades como pilares para a construção da Agroecologia e Soberania Alimentar nas esferas local, regional e nacional.

O GT Campesinato e Soberania Alimentar tem os seguintes objetivos:

  • Contribuir para alimentar o debate político e científico através da sistematização e circulação de informações e conhecimentos sobre a temática campesinato e soberania alimentar;
  • Organizar, coordenar eventos (congressos e seminários) e participar de intercâmbios culturais e científicos promovidos pela ABA e seus parceiros;
  • Participar de mobilizações locais, regionais e nacionais promovidas por instituições e movimentos sociais sobre a temática;
  • Construir diálogos com os movimentos sociais e organizações populares para a luta estratégica por autonomia política e econômica frente ao sistema agroalimentar capitalista;
  • Dialogar com as instituições públicas e tomadores de decisão para construção de políticas públicas de Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional e pelo direito dos povos.

Coordenação:

Maria Emília Lisboa Pacheco – memilia@fase.org.br

Marilia Andrade Fontes – mariliaafontes@gmail.com

Lucineia Miranda de Freitas – lumifloresta@gmail.com

Grazianne Alessandra Simões Ramos – grazianneramos@gmail.com

Posts recentes
RSS Campanha Contra os Agrotóxicos
RSS Articulação Nacional de Agroecologia
RSS De Olho nos Ruralistas
RSS Em pratos limpos

Parceiros: