“Esperançar Juventudes: experiências agroecológicas de jovens do campo, das florestas, das águas e das cidades”

Chamada para a publicação de ensaios inéditos

Está aberta a chamada para envio de trabalhos de pesquisadores/as brasileiros/as e estrangeiros/as de diversas áreas, que analisam, problematizam e discutem questões relacionadas ao evento online ”Esperançar Juventudes: experiências agroecológicas de jovens do campo, das florestas, das águas e das cidades”, proposto pelo GT Juventudes da Associação Brasileira de Agroecologia (ABA-Agroecologia). Busca-se reunir ensaios teóricos ou artigos de pesquisas inéditos e inovadores, assim como relatos de experiências construídos a partir das discussões e vivências das juventudes com a agroecologia. Para ambas as modalidades, pauta-se que a temática do/a jovem seja central, refletindo novas formas de pesquisar, produzir e construir conhecimentos sobre a agroecologia, a serem publicados pela publicação Cadernos de Agroecologia ISSN 2236-7934.

No ano do centenário de Paulo Freire e em um cenário de crises climáticas, sanitárias e políticas, o GT Juventudes da ABA convida a todas, todos e todes para esperançar: se levantar, ir atrás, construir, não desistir! 

O evento “Esperançar Juventudes: experiências agroecológicas de jovens do campo, das florestas, das águas e das cidades” tem por objetivo realizar um ciclo de debates para aprofundar a compreensão sobre as perspectivas vinculadas a linha de pesquisa Agroecologia e Juventudes, conectando esse campo de estudos a outras elementos que são fundamentais para o entendimento da atuação de jovens nos territórios e na construção da agroecologia. Além disso, tem como objetivos específicos visibilizar as experiências agroecológicas protagonizadas pelas juventudes e evidenciar a construção do conhecimento científico sobre e com as/os jovens do campo, das florestas, das águas e da cidade. Ao mesmo tempo, o evento busca compreender, através das perspectivas da interseccionalidade e da diversidade cultural, como as diversas crises atuais impactam sobre a vida das juventudes que atuam e vivenciam nos diversos espaços da agroecologia.

Estruturalmente o evento será composto de quatro conversatorios com três debatedoras/es que irão analisar dois questionamentos previamente construídos pela equipe organizadora do evento:

  1. Juventudes no Ensino-Pesquisa-Extensão: experiências dos NEAs e de projetos de agroecologia;
  2. Políticas Públicas para as Juventudes na Agroecologia: desafios, avanços e possibilidades;
  3. Juventudes, Geração de Renda e Agroecologia: práticas e experiências em economia popular e solidária;
  4. Coletivos de Juventudes, Agroecologia e Interseccionalidade: lutas feministas, antirracistas e LGBTQIAP+;

Após esse momento, haverá um debate com a participação das pessoas que enviarem perguntas para potencializar a troca de conhecimentos e olhares sobre cada tema proposto.

Compreendendo os vários esforços para a construção de conhecimento do diálogo entre Juventudes e Agroecologia, com intuito de visibilizar e valorizar esses trabalhos, a comissão organizadora do evento, lança este edital de chamamento para publicação de trabalhos que abarcam as temáticas sobre Juventudes e Agroecologia, a serem publicados ainda no primeiro trimestre de 2022.

Local de realização: Evento online

Divulgação: Redes sociais da ABA-Agroecologia (Facebook e YouTube)

Datas previstas: 25 e 26 de outubro de 2021

O Comitê editorial da publicação, os/as responsáveis técnicos/as pela submissão dos textos nesta publicação especial são:

  1. Diulie Almansa – UERGS / MPA / GT Juventudes ABA
  2. Gabriel Mattos Ornelas – UFMG / AUÊ! / GT Juventudes ABA
  3. Giuseppe W. G.  Bandeira – Comunicação ABA / GT Juventudes ABA / GT Juventudes ANA
  4. Letícia H. S. Falcão – FURG / GT Juventudes ABA
  5. Marcelo Rodrigues Lopes – UFPA / FEAB / GT Juventudes ABA

Submissão de trabalhos até às 23:59h do dia 25/10/2021

Esta chamada busca publicar trabalhos que descrevam, relacionam, analisam e/ou proponham perspectivas, interpretações, relatos e abordagens teóricas, etnográficas, práticas ou metodológicas a partir de duas modalidades: ensaios teóricos ou artigos de pesquisas e relatos de experiências.

BAIXE o edital completo:

Deixar uma resposta