Nota de Cuidado: Adiamento do XII Congresso Brasileiro de Agroecologia e demais encontros presenciais

Prezadas, prezados e prezades, 

Em agosto de 2020, a Associação Brasileira de Agroecologia (ABA-Agroecologia) publicou uma nota informativa sobre o adiamento do XII Congresso Brasileiro de Agroecologia (CBA) e do III Seminário Nacional de Educação em Agroecologia (SNEA). Ver nota: https://tinyurl.com/nota-adiamento

De lá para cá, apesar das medidas protetivas adotadas por uma parcela significativa da população brasileira e do início, ainda que ínfimo das vacinações, nossos caminhos seguem atravessados por inúmeros desafios e agravamentos das desigualdades devido a pandemia da Covid-19.

A crise econômica sobretudo política instalada no país e as demais fragilidades observadas no cenário democrático latinoamericano e internacional, sinalizam que estas não serão solucionadas no curto prazo. Sendo assim, a diretoria ampliada da Associação Brasileira de Agroecologia/ABA-agroecologia segue favorável à manutenção do adiamento desses dois grandes e importantes encontros para a construção da Agroecologia no Brasil e na América Latina.

Para além de encontros acadêmicos, os CBAs e os SNEAs representam ao conjunto de associadas, mas também para pesquisadoras, experimentadoras e estudantes das mais diversas áreas do conhecimento momentos especiais de partilha, de fortalecimento de vínculos e de criação coletiva nos quais as trocas presenciais nos territórios são os lastros principais e fundantes. Esses momentos representam a culminância de processos políticos, pedagógicos e metodológicos muito entrelaçados e coerentes. Cada detalhe na preparação desses encontros representa, cada vez mais, para a ABA-Agroecologia oportunidades de construir a agroecologia como prática, ciência e movimento, assumindo assim os princípios da educação popular a partir da diversidade.

Realizar qualquer um desses dois eventos em ambiente virtual representa significativos retrocessos em relação à nossa construção coletiva, diversa, feminista, anti racista e, essencialmente, em relação aos processos dialógicos alinhados ao reconhecimento e respeito aos saberes tradicionais e populares, suas formas de vida, resistências e luta.

Apesar da crescente acessibilidade digital nas comunidades rurais, comunidades indígenas, quilombolas, ribeirinhas e em todos os povos e populações tradicionais e camponesas como assentamentos de reforma agrária, demais comunidades do campo e da cidade, é certo que as desigualdades no acesso às tecnologias de informação e comunicação persistem trazendo à tona os abismos reais para estas comunidades evidenciando assim uma extrema exclusão digital. 

O II SNEA, realizado na UFRRJ em Seropédica (RJ) em 2016, e o XI CBA, realizado na UFS em São Cristóvão (SE) em 2019, não deixam dúvidas da potência que existe nos encontros presenciais, nas metodologias colaborativas e na ousadia da articulação entre os saberes que partam da escuta atenta aos povos, suas sabedorias e cosmologias. 

Por outro lado, certas de que o ambiente virtual possui ferramentas e estratégias relevantes, cada Grupo de Trabalho e coletivo regional da ABA-Agroecologia começam o ano de 2021 comprometidas em manter suas atividades, bem como ampliar os caminhos e as possibilidades para a realização de processos preparatórios e atividades virtuais ao XII CBA e ao III SNEA que possam seguir tecendo as redes costuradas por nós.

Reiteramos que tal decisão é, antes de tudo, para proteger e prezar pela segurança, integridade e cuidado. Garantindo – em alguma medida – a saúde física, emocional e espiritual de todas as pessoas envolvidas nessas construções (organização e participantes). Estas, por sua vez, se encontram sobrecarregadas em várias dimensões da vida, desafiando nosso compromisso do Bem Viver. É por respeito a estas pessoas que reafirmamos nosso compromisso de seguir processos dialógicos, construtivos e saudáveis.

A definição dos locais e das comissões organizadoras dos Congressos e dos Seminários, bem como os procedimentos relativos à eleição da nova diretoria, conforme assegurado no estatuto da Associação, serão processos seletivos publicizados por meio de editais públicos lançados no site da ABA-Agroecologia e divulgados nos nossos canais de comunicação e entre o conjunto de pessoas associadas na maior brevidade.

Para que todas as nossas fogueiras de resistência e esperança possam seguir acesas, cultivando ações concretas em cada território e trincheira de disputa política de sentidos e projetos, dentro e fora das Instituições de Ensino, Pesquisa e Extensão, reiteramos a importância da filiação a associação e envolvimento de todas nos GTs.

Para filiar-se agora e manter nossa rede pulsante, acesse: https://tinyurl.com/associe-se

Para conhecer os GTs e participar das reflexões, diálogos e práticas, navegue: https://tinyurl.com/gruposdetrabalho

Abraço carinhoso e solidário,

Diretoria Ampliada da ABA-Agroecologia 2020-2021

Dia 1º de março de 2021, fim do verão.

*Essa nota foi elaborada utilizando o gênero feminino e a partir dessa escolha, reconhecemos a pluralidade presente e pulsante em todes!

Deixar uma resposta