“Café com Prosa” reúne agentes de comunicação para planejar a cobertura do CBA 2019

Share
“Café com Prosa” foi realizado na UFS

A Comissão de Comunicação, Arte e Cultura do XI Congresso Brasileiro de Agroecologia (CBA), que acontece em Sergipe de 4 a 7 de novembro de 2019, promoveu na última sexta, 13, o “Café com Prosa”, uma oficina com agentes de comunicação voluntários para articular as estratégias de cobertura do evento, que terá como palco o Campus da UFS em São Cristóvão.

O encontro, realizado na Didática 6 da UFS, contou com 36 participantes, entre membros da comissão, estudantes, integrantes de coletivos e projetos sociais ligados a comunidades e povos tradicionais, instituições e ONGs parceiras.

A atividade foi conduzida pelas comunicadoras Luíza Damigo, da Associação Brasileira de Agroecologia (ABA), e Priscila Viana, da Rede Sergipana de Agroecologia (Resea), além da coordenadora da Comissão de Metodologia, Fernanda Amorim, integrante do Núcleo de Agroecologia da Embrapa Tabuleiros Costeiros. Para apresentar a concepção da metodologia utilizada para conduzir a programação do XI CBA, Fernanda traçou um panorama de todo o conjunto de atividades e interações que o evento abarcará, entre conferências, espaços de troca de saberes, expressões culturais e artísticas, mostra de cinema e muito mais.

O objetivo foi fazer com que os agentes de comunicação entendessem mais profundamente a dinâmica e fluxo do CBA, que se diferencia de congressos científicos tradicionais por agregar um grande construto de saberes camponeses e populares e uma força identitária muito própria.

Fernanda Amorim apresentou metodologia do XI CBA

A partir desse encontro, as comunicadoras e comunicadores irão intensificar a troca de ideias e propostas para construir uma dinâmica de cobertura colaborativa do evento que possibilite a ampla disseminação das trocas de experiências e dos debates não só entre os participantes, mas entre toda a rede nacional de agroecologia, com emprego de plataformas, linguagens e narrativas diversas, ricas e eficazes.

A programação do XI CBA será publicada nos próximos dias aqui no site do XI CBA e nas mídias sociais da ABA e da Resea.

CBA 2019

Realizado pela ABA em parceria com a Resea e várias outras organizações, o CBA acontece a cada dois anos desde 2003 com participação ativa e ampla de instituições de ensino, pesquisa e extensão e a sociedade civil organizada envolvida com as demandas da agricultura familiar e lógicas familiares de produção, em geral.

Inicialmente pensado como espaço de valorização da agroecologia como ciência, o CBA vem amadurecendo como verdadeiro espaço de diálogo entre os conhecimentos científicos e práticos, construído por todos os parceiros da agricultura familiar e camponesa, no Brasil e no mundo.

Programação do Congresso seguirá 
metodologia da “Ecologia de Saberes”

O tema para esta 11ª edição, que vai reunir mais de 2 mil participantes do Brasil todo, com 2,8 mil trabalhos inscritos, é ‘Ecologia de Saberes: Ciência, Cultura e Arte na Democratização dos Sistemas Agroalimentares’.

Apoiam o CBA 2019, também, além da Embrapa, Universidade Federal de Sergipe (UFS), Instituto Federal de Sergipe (IFS), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e a Secretaria de Agricultura do Estado de Sergipe (Seagri).

Com informações de Saulo Coelho/Embrapa Tabuleiros Costeiros

Fotos: Saulo Coelho

  0 COMENTÁRIOS
Comunicação popular NEAs Redes de Agroecologia XI CBA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Parceiros: